Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 17 de agosto de 2010

TRIBUNAL ESCONDE PROCESSO DA DILMA DAQUELES TEMPOS

Está trancado desde março, num cofre da presidência do Superior Tribunal Militar, todo o processo que levou a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, à prisão durante a ditadura (1964-85).

A papelada, retirada dos arquivos por ordem do próprio presidente do tribunal para prevenir um eventual uso político do material, revela em fichas, fotos, depoimentos e relatórios de inteligência a militância de Dilma à época.

Até março, quando foram "escondidos", os documentos poderiam ser consultados pelo público, como advogados, jornalistas, pesquisadores e pelas partes do processo. A liberação, quase sempre, é feita pelo ministro-presidente do tribunal, Carlos Alberto Marques Soares.

A única pergunta que me faço é se existem alguma coisa tão séria assim que poderia atrapalhar os planos da candidata do PT, será que é preciso esconder a sete chaves o passado da candidata?

do blog do Tião Lucena (ele é simplesmente sensacional)

Nenhum comentário:

Postar um comentário