Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sábado, 21 de agosto de 2010

Lula no Guia de Maranhão foi surpresa para Ricardo Coutinho

Foi uma fala que não permite interpretações dúbias.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, campeão de audiência, entrou no Guia Eleitoral de Maranhão na Tevê pra pedir voto ao governador. “Eu e Maranhão somos companheiros de longas datas. Com Maranhão e Dilma a Paraíba o Brasil ainda tem muito pra crescer”, disse Lula, numa fala sem brechas.

Ricardo Coutinho e aliados saíram, digamos assim, desmoralizados do processo. Tinham a palavra – sei lá de quem – de que o presidente Lula iria se manter neutro. Neutro só se for à candidatura do PSB na Paraíba. E, ao confiar nela, acabaram levando a quebra de braço a público.

Traição? Bom, somente os comandantes deste diálogo com a direção nacional do PT é que pode dizer. O fato é que o ex-prefeito foi pego de surpresa e teria, se quisesse, todas as razões para revidar.

Não o fará sob hipótese alguma. Vai continuar anunciando relação com Dilma Roussef e com Lula, simplesmente porque é o projeto se mostra mais competitivo. Especialmente, aqui na Paraíba.

Fazer o contrário é agir como o marido que se mata ao flagrar um adultério.

Luís Tôrres

Nenhum comentário:

Postar um comentário