Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Moinho Dias Branco doou R$ 100 mil a campanha de Maranhão e agora o Governo arquivou auto de inflação de R$ 13 milhões contra a empresa

A empresa Moinho Dias Branco S/A Comércio e Indústria, beneficiada com um parecer do ex-procurador chefe do Estado, advogado Marcelo Weick, contribuiu com R$ 100 mil para a campanha do atual governador José Maranhão (PMDB). Weick, em parecer monocrático, mandou arquivar um auto de infração contra a empresa no valor de R$ 12,5 milhões, lavrado em 2007.
A doação para a campanha do hoje governador José Maranhão, que assumiu o mandato em 18 de fevereiro deste do ano por causa da cassação do seu antecessor Cássio Cunha Lima (PSDB), ocorreu no dia 31 de agosto de 2006. De acordo com a prestação de contas, a empresa Moinho Dias Branco S/A, está registrada como uma das contribuintes de campanha do então candidato ao governo do Estado José Maranhão, conforme CNPJ nº 07206816000115.
A atitude do advogado Marcelo Weick, que trocou a Procuradoria Geral do Estado pela Secretaria da Casa Civil, remanejado por decisão do governador José Maranhão, poderá levá-lo a responder por crime contra a administração pública. A denúncia sobre o beneficiamento ao Moinho Dias Branco foi feita pelo presidente do Sindicato dos Agentes Fiscais do Estado (Sindfisco), Manoel Izidro.
Segundo Izidor, conforme reportagem veiculada no Jornal da Paraíba, em sua edição desde sábado, 7, o atual chefe da Casa Civil do governo Maranhão solicitou o processo junto ao Conselho de Recursos Fiscais com a justificativa de avaliar a ação. O Sindifisco revelou que ficou surpreso com a publicação do parecer assinado por Weick no dia 28 de julho passado.
Paraiba.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário