Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Vereadores de oposição afastam presidente da Câmara de Itaporanga

Na manhã de hoje (16) a câmara de vereadores de Itaporanga foi palco de mais uma sessão tumultuada e, desta vez, contou com a presença da polícia militar e oficial de justiça. A sessão extraordinária teve início por volta das 8 horas.

De acordo com a convocação, assinada pelo vereador Francisco Saulo, o objetivo da sessão era deliberar sobre recebimento de denúncia de irregularidades apresentada pelo Sr. Márcio José Gomes Rufino e sobre pedido de afastamento do Vereador José Serafim de Queiroz Filho da Presidência da Mesa Câmara Municipal de Itaporanga, para que seja apurada a referida denúncia.

Queiroz havia impetrado na justiça um pedido de liminar para cancelar a sessão e na tarde de ontem o pedido foi negado pela justiça.

A sessão

A sessão extraordinária foi aberta pelo vereador José Queiroz (PMDB) que de imediato retirou de pauta a discussão das denúncias feitas pelo suplente de vereador Márcio Rufino (PMDB) e logo em seguida encerrou a sessão e se ausentou do plenário.

Os vereadores Herculano Pereira (PTB) e Erivaldo Rufino (PSDB) também deixaram o plenário após Queiroz encerrar a sessão.

Nova sessão

Os vereadores ligados ao grupo do ex-prefeito Antonio Porcino (PMDB), no total de seis, permaneceram na câmara e deram início a uma nova sessão, desta vez presidida pelo vereador Francisco Saulo.

Nesta segunda sessão os seis vereadores decidiram por afastar o vereador Queiroz de suas atividades e aprovaram a criação de uma CPI para investigar as denúncias apresentadas pelo suplente de vereador Márcio Rufino.

Márcio quer a vaga de Queiroz

Caso José Queiroz tenha seu mandato cassado, Márcio Rufino, o autor das denúncias, é que assume sua vaga.


Itaporanga.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário