Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Corpo de Radegundis Feitosa chega a JP para velório e cremação

Está previsto para começar às 9h desta sexta-feira (2) o velório do músico Radegundis Feitosa, famoso trombonista paraibano morto na quinta-feira em um acidente de carro a caminho de Itaporanga, sua cidade natal. O corpo foi transferido do Departamento Médico Legal (DML) de Patos e chegou à João Pessoa às 23h de ontem, para ser cremado hoje após o velório na funerária Caminho da Paz, em Cabedelo.

As demais vítimas do acidente, todos músicos paraibanos, serão enterrados no interior do Estado. Roberto Ângelo Sabino, de 41 anos, que assim como Radegundis era integrante da Orquestra Sinfônica da Paraíba, e o cantor popular Luís Benedito, de 69 anos, serão enterrados em Itaporanga. Já Adenilton Soares França, de 28 anos, que era trombonista da Orquestra Sinfônica Jovem, será enterrado na sua cidade natal em Igaracy também no sertão do estado.

A morte dos músicos comoveu a Paraíba. Radegundis foi o primeiro doutor em trombone do Brasil. Atualmente, ele também era chefe de departamento do curso de Música na Universidade Federal da Paraíba. Seu talento foi motivo de homenagens entre artistas, amigos, colegas de trabalho e alunos.

Com Catingueiraonline.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário