Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Nonato assume PPS, descarta caça as bruxas e promete reestruturar partido

Bandeira disse ainda que assume o partido com a meta de reestruturá-lo no estado

O vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, vai comandar o PPS na Paraíba, após a presidente da legenda na Paraíba ser destituída pela comissão eleitoral nacional e pela Executiva Nacional. Em entrevista ao Portal WSCOM, ele prometeu reestruturar o partido no Estado, descartou caça as bruxas e condenou a antecipação do debate eleitoral de 2014.
De acordo com Nonato, a Executiva Nacional entendeu, baseada no artigo 32 do regimento interno, que o PPS está desestruturado na Paraíba, pois está presente em apenas 28 municípios paraibano, quando o artigo citado acima determina que a legenda esteja presente em pelo menos 20% das cidades em cada estado.
Bandeira disse ainda que assume o partido com a meta de reestruturá-lo no estado, organizar as eleições nos diretórios estaduais e municipais, receber filiações de lideranças importantes e montar o organograma dos pré-candidatos a deputado estadual e federal nas eleições de 2014.
Ele descartou que vá haver qualquer tipo de perseguição ou caça as bruxas aos que divergem do seu pensamento e informou também que não vai pedir para que os filiados do PPS que tenham cargos no governo do estado, os entreguem. "Isso nem passa pela nossa cabeça, o PPS participa dos governos, estadual e municipais, mas mantém sua postura de independência. Nossa missão é organizar o partido", destacou.
Sobre 2014, Bandeira disse que esse foi um dos motivos que também levou a Nacional a intervir no diretório paraibano, já que já se falava em alianças, quando a determinação é deixar para o próximo ano, as discussões sobre candidaturas. "Essa precipitação foi condenada pela Nacional, que já determinou que 2014 só será discutido em 2014", enfatizou.


Marcos Wéric
WSCOM Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário