Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 5 de abril de 2013

AS COISAS EM IGARACY MUDARAM EM RELAÇÃO À VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO? VEJAMOS:


No ano de 2012 o MEC lança reajuste de 22% no Piso do Magistério e a Gestão Administrativa de Igaracy atuante não garantiu este direito Federal mesmo após muitas petições, humilhações e muitas tentativas de acordo de caráter dialógico do Sindicato com a Administração, mas, “garantiu” somente quando os docentes optaram por enviar UM INDICATIVO DE GREVE para a Secretaria de Educação, solicitando que o Projeto de Lei que regulamentava a adequação do Piso Salarial do Magistério chegasse a Câmara dos Vereadores para aprovação e assim atualizar o pagamento da categoria, deixando para posteriormente negociar o retroativo de Janeiro e Fevereiro, retroativo este que vale lembrar que foi dividido em várias parcelas insignificantes e nem foi completamente pago aos professores no ano de 2012.
No ano de 2013, a história se repete? Vejamos: No início de janeiro de 2013 o MEC informa que o aumento do Piso Nacional da Educação será de 7,97% no que trata o plano de cargos e vencimentos do magistério, a atual gestão além de ter conhecimento, foi informada pelo Sindicato que representa os professores, e mesmo assim deixou-se repetir o que em 2012 aconteceu, somente após UM INDICATIVO DE GREVE enviado dia 22 de março, que a administração acorda e resolve enviar urgentemente a Câmara dos Vereadores o Projeto que estabelece o acréscimo pecuniário em favor dos profissionais do magistério, e aí, vereadores aprovam em seção extraordinária e os Professores recebem seu pagamento atualizado no mês de março. Mas, e o retroativo de janeiro e fevereiro?
As coisas mudaram ou não mudaram em Igaracy –PB?
Este foi um breve levantamento, logo informaremos outras “mudanças”. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário