Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

domingo, 14 de abril de 2013

Estudantes fazem manifestação em frente à Prefeitura pelo transporte escolar em Catingueira

Os universitários da cidade de Catingueira no sertão paraibano interditaram parcialmente a BR:361, na última sexta-feira, 12, para uma manifestação pacífica. A manifestação ocorreu de fronte a prefeitura municipal de referida cidade, com o intuito de chamar a atenção de toda a sociedade e dos motoristas que por ali trafegavam, pois estão sem transporte escolar há quase um mês. Em recente reunião com o prefeito Albino Felix foram informados de que o transporte não seria liberado para os mesmos. 

O motivo alegado pelo Senhor Prefeito seria de que não teria obrigação em ceder o ônibus à classe estudantil seja ela universitária ou não. Entretanto em promessa de campanha Albino compromete-se com toda a classe estudantil que o transporte escolar não faltaria para quem quisesse estudar.

O gestor público não é dono de nada, ele apenas administra e tem o dever de prestar: assistência, moradia, saúde, 'TRANSPORTE ESCOLAR' dentre outros deveres. Estes manifestantes apenas começaram uma luta e esperam que, a sociedade como meios de comunicações e órgãos competentes atentem para o problema por eles enfrentado. Enquanto a assistência do transporte não vêm, os alunos continuarão a se arriscarem pegando caronas, por muitas vezes saem da sala de aula sem saber como voltar para suas casas, enquanto isso o ônibus fica retido no pátio da prefeitura municipal como mostra a foto.

A mãe de um aluno relata sua indignação por alunos como seu filho estarem passando por esta humilhação, esperava que com a manifestação alguém ou o próprio prefeito os chamassem para tentar entrar em um consenso, infelizmente isso não aconteceu, pelo contrario, havia funcionários chamando-os de palhaços coisas desse tipo não poderia acontecer, o prefeito precisa resolver essa questão o mais rápido possível, porque os alunos correm risco pegando caronas, como conselheira tutelar eu aconselho os adolescentes a não pegarem carona com pessoas estranhas. Mas, o que eles podem fazer em uma situação como essa? Afirma Adriana conselheira tutelar.

Já um estudante que preferiu não se identificar afirma não saber o que fazer, pois, os pais tem que dispor de 32,00 reais por dia, e como não tem condições, há dias que não assiste aula. Estou muito preocupado com esta situação e espero que os responsáveis tomem as devidas providencias o mais rápido possível para que nós estudantes possamos ter um pouco de tranqüilidade para estudarmos. Relata

Esta foi a primeira manifestação, caso o problema não seja resolvido até a terça-feira, estarão fazendo outra mobilização para a próxima quarta-feira dia 17 de abril e convidam toda a população para mais um ato em prol da classe estudantil de Catingueira PB. Esperam contar com o apoio de toda a comunidade.
Confira as fotos:

Fonte: catingueiranoticias.com.br
Com Celiane Fausto

Nenhum comentário:

Postar um comentário