Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Ressaca da gestão Celino: Prefeitura de Igaracy não conclui moradias rurais e poderá perder recursos


Por Isaías Teixeira/Folha do Vale  - A Prefeitura de Igaracy poderá perder recursos federais destinados à construção de casas na zona rural, voltadas ao combate à doença de Chagas, caso não cumpra todos os ditames contratuais até o último prazo estabelecido para execução das unidades habitacionais.

O convênio para a execução das obras foi feito com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), no valor de R$ 430 mil, e teve início no dia 31 de dezembro de 2008, último ano do primeiro mandado do ex-prefeito Celino Farias. No entanto, mais de quatro anos depois e a nove dias do fim da vigência do contrato, que expira neste dia 28, as residências ainda não foram concluídas, conforme apurou a Folha (www.folhadovali.com.br).

O atraso das obras é gritante, e o Governo Federal já liberou, no período, metade do valor conveniado, ou seja, R$ 215 mil. O último repasse foi feito no dia 3 deste mês, no valor de R$ 172 mil. Como a obra precisa ser concluída para a liberação do restante do recurso, é provável que o governo não libere mais dinheiro para o projeto, mesmo havendo prorrogação do contrato.

Atualmente, a Prefeitura é administrada por Deusinha Leite (PSB), que precisará fazer a obra andar para terdireito a mais uma parcela do recurso restante, cerca de R$ 215 mil. O dinheiro para a construção das casas é do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e, se a obra não foi concluída, a população é que será prejudicada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário