Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sábado, 27 de abril de 2013

Reitor discutiu hoje em Patos diretrizes para construção de Campus da UEPB, que desde funciona em prédio alugado; enquanto isso, o Vale do Piancó continua esquecido...


O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta sexta-feira (26), com a equipe técnica de obras da Instituição, para discutir as diretrizes para o início da construção da sede própria do Campus de Patos, em terreno que foi doado à UEPB, em agosto do ano passado. O vice-reitor Ethan Barbosa também participou da reunião, além do empresário Carlos Machado, que fez a doação do terreno para a Instituição.
Segundo o reitor, esta é uma demanda que a UEPB vem buscando consolidar desde a implantação do Campus na cidade sertaneja, em 2006. “Os recursos que serão utilizados são da Universidade e iremos viabilizar junto ao Governo do Estado uma verba extraordinária para garantir a primeira etapa de construção que deve ser de R$ 3 milhões. Nossa intenção é ir construindo por partes, uma vez que a liberação total de recursos para obras desse gênero é difícil”, destacou.
O terreno, que possui uma área total de 10 hectares e está localizado no loteamento Altiplano Vista Nobre, vai abrigar os cinco cursos ofertados pela Universidade Estadual na cidade e toda sua comunidade acadêmica de alunos, professores e funcionários, que envolve quase 1.500 pessoas. O projeto da sede do Campus sertanejo é de Oscar Niemeyer e foi desenvolvido para atender todas as necessidades da região, com sua estrutura voltada à acessibilidade, e construção de áreas que valorizem a geografia local. Na construção também será explorada a questão climática, para que todas as dependências não sofram com o clima local.
A sede própria envolve todo um projeto chamado Memorial da Cultura do Sertão. “Já estamos há quase um ano nesse processo de doação da área para a UEPB, uma vez que entendemos que a cidade de Patos irá ganhar ainda mais com a construção de um novo local. Temos um projeto urbano para a área e a consolidação do novo campus será muito importante para a cidade”, disse o empresário Carlos Machado. Na próxima sexta-feira, dia 3 de maio, o reitor Rangel Junior vai à Patos para visitar o local da futura sede do Campus VII e analisar, juntamente com a equipe técnica de obras em qual espaço da área total do terreno ficará melhor instalado o novo prédio.
Na oportunidade, ele também irá participar de uma audiência com a prefeita da cidade para discutir a possibilidade de convênio com a gestão municipal que viabilize condições para se agilizar o início da construção do novo espaço.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário