Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Depois de participar da Marcha em Brasília, Tintin volta expectativa ao pleito da estrada

Expectativa é que a ordem de serviço das obras de asfaltamento da estrada Piancó/Igracy/Aguiar seja assinada pelo governador dia 11 de junho

O prefeito de Aguiar, Tintin (foto), foi um dos quase quatro mil gestores que participaram da 14ª Marcha dos prefeitos a Brasília nos dias 11 e 12 de maio, quando, mais uma vez, os governantes municipais levaram às autoridades federais propostas e reivindicações para melhorar as condições financeiras das Prefeituras. “Cada vez mais, o Governo Federal atribui responsabilidades aos Municípios, mas não dá condição para que as Prefeituras, especialmente as menores, que são maioria no país, arquem com os custos, deixando o poder público municipal inviabilizado e sem condição de investimento”, lamentou Tintin durante contato com a reportagem do www.folhadovali.com.br.

Conforme o prefeito, uma das reivindicações levadas a Brasília, objetivando amenizar a situação dos Municípios, está relacionada aos recursos do pré-sal. O projeto de distribuição justa e igualitária do dinheiro do petróleo para todos os Municípios foi vetado no final do ano passado pelo então presidente Lula, mas os prefeitos querem que o Congresso derrube o veto presidencial e mantenha o projeto, o que vai beneficiar financeiramente todas as Prefeituras do Brasil, especialmente as menores. “Atualmente, Aguiar recebe apenas 60 mil de royalties do petróleo e, pelo novo projeto, passará a receber mais de 700 mil reais”, comentou o prefeito.

Outra luta dos prefeitos é para que o Governo Federal e os Estados cumpram o percentual mínimo de investimento na saúde pública, que é de 12%, o que não está acontecendo atualmente, acarretando prejuízos para as Prefeituras, que, para cobrirem os buracos deixados pelos governos federal e estadual, são obrigadas a gastar mais de 15% do que arrecadam com o setor.

Ainda no campo da saúde, os prefeitos reivindicam a redução das 40 horas semanais dos plantões médicos do Programa Saúde da Família. “Nenhum médico quer passar a semana inteira em uma cidade para receber 7 mil reais, e isso dificulta a contratação dos profissionais, prejudicando a população, que necessita de atendimento”, enfatiza Tintin.

Depois do encontro com as autoridades da gestão federal, os prefeitos paraibanos presentes ao encontro reuniram-se com a bancada federal, cobrando de deputados e senadores empenho nos pleitos municipalistas.

Luta pela estrada

O prefeito Tintin vive agora a expectativa da assinatura da ordem de serviço das obras de asfaltamento da rodovia PB-364, que liga Piancó a Aguiar. Tudo indica que o serviço será autorizado no dia 11 de junho, quando o governador Ricardo Coutinho estará no Vale para participar do debate regional sobre o orçamento estadual, que vai ocorrer em Itaporanga.

A princípo, governador havia manifestado ao prefeito o interesse de visitar Aguiar este mês para assinatura da ordem de serviço, o que não deu certo, ficando o ato governamental tão esperado pelos aguiaenses para o dia 11 de junho, possivelmente.

Folha do Vali

Nenhum comentário:

Postar um comentário