Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sábado, 21 de novembro de 2009

Maranhão chama Cícero de grande líder e admite diálogo com tucano em caso de racha na oposição

O governador José Maranhão (PMDB) saiu em defesa do senador Cícero Lucena, presidente do PSDB paraibano. Ele classificou o tucano de grande líder com prestígio em todo o Estado e criticou a posição do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) quanto à candidatura tucana ao governo do Estado.

As declarações foram dadas durante a inauguração da fábrica de calçados Tess no bairro do Distrito Industrial, de Campina Grande, conforme registrou o Jornal da Paraíba na edição deste domingo (21).

Maranhão afirmou que lideranças oposicionistas à sua administração estão querendo “empurrar de goela abaixo” uma aliança entre partidos que, segundo ele, teriam conteúdos programáticos e posições a nível nacional e no Estado antagônicos, numa alusão direta à possível composição entre o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB).

O governador ressaltou que não chegou a conversar com o senador Cícero Lucena sobre o processo eleitoral de 2010, mas admitiu que caso o tucano se sinta insatisfeito com o grupo oposicionista ele estará aberto à conversações.

Não poupando elogios ao senador, Maranhão classificou o tucano como “grande líder, que se caracteriza por ter grande prestígio em todo o Estado”, acrescentando que a opinião de Cícero Lucena deverá ser respeitada pelos integrantes do grupo de oposição.

PB Agora com Clóvis Gaião, Jornal da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário