Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Vitalzinho também esteve em Itaporanga junto com Veneziano mas viajou à Brasília com urgência para reunião no Palácio do Planalto, cuja pauta é sua nomeação para o Ministério da Integração Nacional...

Assim que desembarcou em Itaporanga, o ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo e o seu irmão o senador Vitalzinho, acompanhado de comitiva de deputados e lideranças da região, se dirigiram para a Rádio Correio do Vale, aonde foram concederam entrevista ao programa Correio Debate local, ancorado por Flávio José. Os parabenizaram os itaporanguenses pela passagem de mais um aniversário de sua emancipação política e responderam a questionamentos sobre ações do Governo do Estado e a política.
O senador Vitalzinho teve que sair, cerca de dez minutos depois, porque foi convocado com urgência para uma reunião em Brasília, no Palácio do Planalto, para tratar de sua nomeação para o Ministério da Integração Nacional, que deve ser anunciada até o dia 15 pela presidente Dilma. O senador, que presidente a Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, seguiu para Juazeiro do Norte aonde pegou um avião com destino à Capital Federal.
A entrevista seguiu com Veneziano que fez uma explanação das ações que deseja implantar na Paraíba, caso venha a vencer as eleições de outubro próximo. Enumerou situação vexatórias que tem marcado a gestão do atual governador Ricardo Coutinho (PSB), à quem teceu críticas pela 'forma reprovável' de se governar um estado. O 'Cabeludo' disse que a violência tem se alastrado em toda Paraíba e que o Governo faz ouvidor de mercador para esse tema. 
Criticou ainda um 'caos' que tem marcado a gestão da Saúde com o surgimento de diverso problemas em hospitais, citando o Regional de Patos onde a situação está caótica. Veneziano ainda agradeceu a demonstração de carinho que teve em Itaporanga por prefeitos, vereadores, lideranças e o povo em geral, quando foi efusivamente saudado pelas ruas por onde andou.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário