Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Polêmica: Coronel afirma que reajuste anunciado por RC “não é verdadeiro”. Confira!


Começam a emergir as críticas de setores do funcionalismo ao reajuste salarial anunciado pelo governador Ricardo Coutinho, nesta segunda (dia 27).

Uma desses vem do Coronel Jarlon Cabral Fagundes, para quem o reajuste de 10% não passa de uma peça de ficção: “O aumento anunciado pelo Governo não é verdadeiro…”

Segundo o oficial, o aumento foi de apenas 5%, que na verdade foi linear para todas as categorias: “Metade foi dado em cima da Bolsa Desempenho e do auxílio alimentação que não incorpora em nossos salários quando vamos para reserva, mais uma vez nossos irmãos Policiais e Bombeiros Militares da inatividade ficaram para traz.”

Confira na íntegra desabafo do Coronel Jarlon nas redes sociais, em carta dirigida aos policiais e bombeiros militares:

“Meus irmãos Policiais e Bombeiros Militares, os 10% de aumento anunciado pelo Governo não é verdadeiro, porque a metade foi dado em cima da Bolsa Desempenho e do auxílio alimentação que não incorpora em nossos salários quando vamos para reserva, mais uma vez nossos irmãos Policiais e Bombeiros Militares da inatividade ficaram para traz, e a paridade que nós tínhamos entre Ativa e Reserva está cada vez mais distante, no momento que o PM BM mais precisa de melhores salários para compra de remédios e ter um descanso mais humano depois de trinta anos de serviço o Governo vira as costas para eles e não dar nenhuma satisfação legal.
O que se queria era esse percentual em cima do soldo de todos Policiais e Bombeiros Militares da ativa e reserva extensivo as pensionistas, e a aplicação do escalonamento vertical previsto em Lei e que não está sendo cumprido pelo Governador, a lei prever que o soldado ganhe 22% do salário do Coronel e segue-se os demais e isso não está sendo cumprido, causando perdas irreparáveis aos Oficiais e Praças.
Outra reivindicação justa e legal que o Governo não anunciou é a gratificação de Risco de Vida, tão merecida pelos Policiais Militares mais não está sendo levado a sério pelo governo, sabe-se que a Policia Civil e muitas Guardas Municipais recebem e os Policiais que trocam tiros com os bandidos e em alguns casos morrem defendendo a sociedade não recebe essa gratificação , uma incoerência sem precedentes.
O governo também não anunciou nada sobre o PCCR dos Policias, onde define uma carreira única para os PM, nem apresentou nada para melhorar a folga dos Policias, nossa tropa está estressada e desmotivada em virtude do acumulo de serviços tirados, o PM não tem mais o direito de ficar com seus familiares porque sempre está de serviço, e agora vem chegando as prévias carnavalescas e carnaval imagine como vai ficar a folga desses heróis anônimos.
Portanto queremos dignidade e respeito e que os nossos Direitos previstos em Lei sejam cumpridos, os Policiais e Bombeiros Militares merecem uma Corporação mais justa e humana.”

Fonte: Hélder Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário