Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Ricardo Barbosa mendiga votos no Sertão, mas não encontra espaço político, diz jornal. Confira!


Conhecido como ‘pé frio’ em relação às campanhas políticas que disputou, o secretário do PAC e superintendente da SUPLAN na Paraíba, Ricardo Barbosa, afirmou na manhã desta segunda-feira (13) que entregará os cargos até o mês de dia abril ao governo do Estado para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa nas eleições deste ano.

Apagado nas ações nos cargos que ocupa, Barbosa não encontra espaço e nem apoios políticos na microrregião de Cajazeiras onde já foi votado em eleições passadas.

O espaço na região que está bastante minado por postulantes a vagas de deputado na ALPB praticamente descarta receber, em termos de votos, o secretário do governador Ricardo Coutinho.

Na região de Cajazeiras, Barbosa já foi votado em campanhas passadas em cidades como São José de Piranhas, Cajazeiras e Monte Horebe. Nesses municípios apoios ao pré-candidato será quase impossível, e, ele corre o risco de sofrer mais um fracasso eleitoral na próxima campanha a começar pelos seus antigos redutos eleitorais.

Ele adiantou que está sendo prejudicado por que não dispõe de tempo para fazer política e concorda que está perdendo espaço para os atuais deputados. “Durante estes três anos que estou como secretário do governo de Ricardo Coutinho não tive tempo,  um dia sequer, para fazer política, enquanto os deputados que só trabalham dois dias em cada quinzena fazem política todos os dias. A partir de abril me desligarei do cargo e vou fazer minha campanha.” Afirma.

Este ano será a campanha mais difícil que Ricardo Barbosa enfrentará, haja vista, a concorrência e o fracasso que ele ostenta em seu ofício como um dos secretários menos atuantes do governo. Há quem aposte que este ano, ele terá um fim melancólico na sua carreira política. 

Fonte: Radar Sertanejo

Um comentário: