Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Após reuniões de emergência na noite deste domingo, Veneziano admite desistir de candidatura e o PMDB já avalia alianças com Cássio ou RC...

O que girava no campo das especulações, mas fazia parte dos bastidores agora veio à tona. Após quatro reuniões promovidas na casa do ex-governador José Maranhão, na noite deste domingo (22), a cúpula estadual do PMDB discutiu e avaliou as consequências da possível desistência do ex-prefeito Veneziano em ser candidato ao governo.
O PMDB, que tem convenção agendada para o próximo domingo (29), vai avaliar durante a semana o rompimento da aliança com o PT e estudar as propostas de aliança colocadas na mesa, com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ou com o governador Ricardo Coutinho (PSB).
Pela primeira vez, desde que surgiu as especulações, o próprio Veneziano - presente às reuniões - admitiu desistir da candidatura argumentando estar com dificuldades diante da reclamação dos candidatos a deputados insatisfeitos com a decisão do PT de não fazer coligação na proporcional.
Tanto Cássio como Ricardo estão propondo abrir espaços em suas respectivas chapas. O governador ofereceu as duas vagas (vice e senador), enquanto, o tucano admitiu abrir a vaga ao Senado para o PMDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário