Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 23 de março de 2011

Motorista do Caminhão que tombou na BR 361 faleceu antes de chegar à Campina Grande

O motorista Adailton Manoel da Silva, conhecido como Ditinho, de 52 anos (foto), que residia no sítio Barrocão, município de Itaporanga, morreu no final da tarde dessaterça-feira, 22, minutos depois de dar entrada no hospital Antônio Targino, de Campina Grande, vítima de acidente de carro. Seu filho, Luiz Adenilton Carlos da Silva, de apenas 18 anos, também não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta quarta-feira. Os dois foram socorridos inicialmente para o hospital piancoense e, depois, transferidos para o regional de Campina, onde faleceram.

O acidente foi por volta das 11h30 dessa terça-feira na BR-361, trecho que cruza o sítio Carvalhada, a três quilômetros da cidade de Piancó, conforme informações da 3ª Companhia da Polícia Militar prestadas à Folha.

Adaiton dirigia um carro-pipa e, segundo familiares, iria abastecer uma comunidade rural de Nova Olinda. Ele prestava serviço ao Exército, que gerencia a distribuição de água na região. O programa começou a ser executado no final do ano passado em função da estiagem e, apesar das chuvas de janeiro para cá, não tinha sido suspenso porque algumas localidades ainda dependiam do abastecimento por carro-pipa.

Segundo ainda familiares da vítima, Adailton tentou desviar de um motoqueiro, mas perdeu o controle do caminhão, que capotou violentamente no meio da estrada, desmanchando-se quase que completamente. Ele estava acompanhado do filho, que conheceu há apenas dois meses. O rapaz vivia no Ceará com a mãe, com quem o motorista teve um relacionamento amoroso duas décadas atrás. Depois disso, Ditinho casou-se com uma itaporanguense e teve outros filhos, mas, este ano, resolveu conhecer seu primeiro menino e o trouxe para Itaporanga, mas os dois terminaram falecendo tragicamente. O corpo de Adailton será sepultado em Itaporanga, e o do seu filho deverá ser enterrado na cidade cearense de Açaré, onde vive sua mãe. A família está muito abalada com a tragédia.

Foto do blog do Eudo Nicolau/Matéria do Folha do Vali

Nenhum comentário:

Postar um comentário