Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

João Raimundo recorre da decisão que indefere sua candidatura a prefeito em Nova Olinda

A juíza da 32ª Zona, Luciana Rodrigues Lima, indeferiu o registro da candidatura de João Raimundo Neto (DEM) a prefeito de Nova Olinda, por ter as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, referente aos exercícios financeiros de 2002 e 2003, quando administrou a cidade. O pedido de impugnação foi impetrado pela coligação ‘Unidos Por Nova Olinda 1’, da encabeçada pela candidata a prefeita Maria do Carmo (PSDB).

Raimundo (na foto), recorreu ontem da decisão ao TRE. As eleições suplementares estão marcadas para o dia 13. Remígio Júnior, advogado de João Raimundo, explicou que o recurso mostra ao Tribunal Regional Eleitoral que a Câmara Municipal aprovou as contas dele. “Embora o Tribunal de Contas tenha dado o parecer contrário, a Câmara aprovou as contas da gestão de João Raimundo de 2002 e 2003. O Tribunal não decide, a decisão é da Câmara.

Isso é a jurisprudência, inclusive já aconteceu na última eleição em Catingueira”, explicou o advogado. Até transitar em julgado a decisão da juíza Luciana, a candidatura de Raimundo será mantida. Conforme a resolução do Tribunal Regional Eleitoral (16/2009) baixada especialmente para o pleito em Nova Olinda, que é uma excepcionalidade, os dias 21 e 22 de novembro foram reservados para as convenções partidárias. Já o registro dos candidatos ocorreu nos dias 24 e 25. A propaganda eleitoral, na rádio comunitária da cidade, será realizada de 4 a 6 de dezembro. Pela manhã, irá ao ar das 7h às 7h20 e à tarde, das 13h às 13h20. As coligações acordaram a realizar comícios em dias alternados. A campanha termina no dia 10.

De acordo com a Resolução do TRE, só poderão votar nas eleições suplementares do próximo domingo 4.795 eleitores, contingente que participou do pleito em outubro de 2008. A Justiça vai solicitar reforço policial para o dia das eleições.

JosusmarBarbosa (JP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário