Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sábado, 6 de novembro de 2010

Á moda Maranhão; Após derrota nas urnas, governo retira máquinas e paralisa obras da estrada de Mulungú

Revoltada com a paralisação da obra, a população de Mulungu fechou a estrada desde a última quinta-feira

No dia 23 de setembro, em plena efervescência eleitoral, a população de Mulungu recebeu com festa o secretário chefe da Casa Civil, Inaldo Leitão, que foi ao local assinar a ordem de serviços da PB-063 que liga as cidades de Mulungu e Alagoinha. Em seguida a obra foi logo iniciada.

No entanto, passados dois dias das eleições, a euforia das pessoas em ver o sonho de ter a PB 063 construída já acabou. Os trabalhadores foram embora e as máquinas foram retiradas do local deixando para trás apenas a poeira da estrada que continua esburacada e sem a menor infraestrutura.

De acordo com informações, havia cinco máquinas funcionando no Conjunto Aquiles Leal, em Mulungu. Todas elas foram retiradas do local após a eleição de 31 de outubro, quando o governador José Maranhão (PMDB), que tentava a reeleição, perdeu o pleito.

Revoltada com a paralisação da obra, a população de Mulungu fechou a estrada desde a última quinta-feira (04) impedindo o trânsito no local. Os moradores reclamam da poeira deixada pelas máquinas que até então tinham feito apenas a terraplanagem da PB 063.

Será que a próxima é a de Igaracy, se for a população e os políticos terão que tomar as mesmas atitudes.

Fonte: Portal Independente
Postado por Folha VIP de Cajazeiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário