Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Jogos Escolares: Árbitros recebem 20 cheques sem fundos e prometem protesto contra o Maranhão III

Uma grave crise compromete a realização dos Jogos Escolares, patrocinados pelo Governo do Estado. O grupo de árbitros de várias modalidades, contratado para atuar nos torneios do evento esportivo tradicional da Paraíba, está se queixando de ter recebido em torno de 20 cheques sem provisão de fundo pelo pagamento dos serviços.
O Governo do Estado, através da Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer informa que a responsabilidade pela organização de todo o evento é de uma empresa privada especializada contratada. De sua parte, segundo os árbitros, a empresa alega que não recebeu ainda os recursos referentes à realização dos Jogos Escolares, este ano.
Revoltados, os árbitros ameaçam suspender o trabalho feito nos Jogos Escolares, comprometendo a realização do evento e suas diversas modalidades.
Até o momento, prevalece a idéia do grupo de árbitros de promover um protesto, na sede da Secretaria de Estado da Juventude, Esportes e Lazer, exigindo o pagamento pelo serviço prestado.

Por: PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário