Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Efraim diz que Maranhão deveria ter pena da saúde e da segurança da PB

Maranhão agora arrumou, procurou, achou que era o dono do mundo, agora aguenta as consequências...
O senador Efraim Morais (DEM) foi mais uma liderança política paraibana a comentar a saia justa vivida pelo governador José Maranhão (PMDB), que no início desta semana disse em uma emissora de TV de João Pessoa, sem saber que estava ao vivo, que tinha pena do prefeito pessoense Ricardo Coutinho. Neste sábado, ele disse que o governador deveria ter pena era do caos vivido pela Paraíba em áreas como saúde e segurança pública.
“Eu tenho pena é do povo da Paraíba, que durante o Governo Maranhão não tem acesso à direitos básicos. Que é assaltado quando sai de casa e que é obrigado a esperar horas nos hospitais públicos para poder conseguir ser atendido”, disparou o parlamentar democrata.
Segundo ele, a criminalidade vem atingido índices sem precedentes e a culpa seria do novo governador. “O aumento na violência coincidiu com a posse de Maranhão no Governo da Paraíba. Este é um problema antigo, mas que vem ganhando contornos jamais vistos depois de ser abandonado por ele”, prosseguiu.
Sobre a questão de saúde, Efraim diz que faltam médicos nos hospitais públicos estaduais e critica o que ele chamou de “má-vontade política” do peemedebista em amenizar o problema.
“Pena de Ricardo? Ele deveria ter pena de toda a população paraibana”, arrematou.
O detalhe é que Efraim não é aliado de Ricardo Coutinho e suas declarações não foram em defesa do prefeito de João Pessoa. Mas este detalhe não fez com que ele perdesse a oportunidade de criticar seu principal adversário político.


Nenhum comentário:

Postar um comentário