Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Helicóptero de Cícero faz pouso forçado por segurança e senador caminha 2 horas até Gurjão


O senador Cícero Lucena (PSDB) passou por momentos difíceis no final da tarde deste domingo, 26, quando o helicóptero que esta usando para visitar as cidades do interior do estado em pré campanha ao governo do estado apresentou problemas técnicos e o piloto teve que fazer um pouso de emergência. O senador teve que caminhar cerca de duas horas em companhia do piloto e de um assessor até a cidade de Gurjão.

De acordo com as primeiras informações, o piloto resolveu pousar quando a luz do combustível ascendeu faltando 12 quilômetros para chegar a cidade de Gurjão onde o senador faria mais uma visita. Ele saiu de Santana dos Garrotes.

O senador teve que caminhar no meio do mato se orientando pela rede de alta tensão até localizar as primeiras moradias onde pediu ajuda.

Lucena participaria da procissão da festa da padroeira de Barra de Santana, também no Cariri, mas a agenda teve que ser alterada. Pela manhã, Cícero havia participado, em companhia do senador Efraim Morais, da missa de Santa Ana, a padroeira de Santana dos Garrotes.

Depois de almoçar na casa de dona Geni, mãe do jornalista José Euflávio, o senador embarcou às 15h em companhia apenas do piloto e do jornalista Carlos César. Euflávio "foi proibido" por dona Geni de embarcar também e voltou por terra em companhia do senador Efraim Morais.

Ao deixar a residência de dona Geni, após o almoço, Cícero a presenteou com um terço que trouxe do Vaticano o ano passado.

Wscom Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário