Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Demissões em Igaracy é destaque no Jornal da Paraíba

As sucessivas reduções do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) levou o prefeito de Igaracy, Jucelino Lima de Farias (PSDB), a tomar medidas drásticas como forma de conter as despesas e tentar equilibrar as finanças públicas. O tucano baixou um decreto exonerando 90 detentores de cargos comissionados, inclusive todos os secretários.
Os contratos de locação de carros foram suspensos. Da frota municipal, somente estão autorizados a transitar ambulâncias e transporte escolar. A energia dos prédios públicos terá uma economia de 30%, a exemplo das linhas telefônicas da prefeitura. A compra de material de expediente também foi cancelada. A medida vale por 180 dias.
A fim de evitar a paralisação da máquina administrativa, alguns secretários serão nomeados. Dentre eles, o de Finanças, Francisco Moreira. Ele revelou que este mês a cota do FPM do dia 10 foi zerada por conta de descontos e da redução do valor. No dia 20 de julho, a prefeitura recebeu pouco mais de R$ 9 mil e ontem o repasse foi de R$ 56 mil.
Devido à queda mensal do Fundo de Participação dos Municípios, a prefeitura decidiu fazer um empréstimo de R$ 400 mil para pagar os salários dos servidores que estão atrasados, muitos deles em três meses. A dívida vai ser quitada em 36 meses a juros de 2,2%. A proposta do prefeito Jucelino Lima também é pagar aos fornecedores do Poder Público, no Vale do Piancó.
Josusmar Barbosa, do Jornal da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário