Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Moradores de Igaracy buscam preservar as tradições da cidade, veja:



Os moradores da pequena cidade de Igaracy, no Vale do Piancó, ainda resistem a modernidade quando se fala em tradição. Neste período do ano, precisamente na Semana Santa, alguns moradores se vestem com roupas velhas e folgadas, colocam algo para cobrir o rosto (que são chamadas de Caretas) e saem pelas ruas da cidade e também pela zona rural pedindo algum tipo de contribuição para a tradicional “malhação do Judas”. Aquilo que é arrecadado, seja dinheiro, alimentos ou qualquer tipo de objeto é colocado segundo o costume, no centro de uma roda de homens, armados com chicotes (conhecidos como Réis), feitos dos mais diversos tipos de matérias (cordas, pneus e pano) e os mais corajosos da cidade entram na roda, mesmo debaixo de muita surra tentam “roubar” o máximo de objetos deixados no centro.

Na realidade o maior valor não é e nunca foi o objeto que é tirado do meio da roda de homens, mais a continuidade da tradição, que segundo os mais antigos vem de muito longe e os mais novos não podem e nem devem deixar essa festa tradicional morrer.

Veja abaixo alguns “caretas” andando pelas ruas de Igaracy na manhã desta quarta-feira (16):


Nenhum comentário:

Postar um comentário