Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

União da bancada paraibana evita diminuição de vagas para deputados...

CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
A união da bancada impediu que a Paraíba perdesse dois deputados federais e seis estaduais. A votação foi realizada na CCJ do Senado. Logo, não fosse o voto dos três senadores paraibanos, a matéria seria derrubada. Pior: se os senadores Cássio Cunha Lima, Cícero Lucena e Vital do Rêgo não tivessem votado, juntos, pela aprovação do PDS 85/2013, de autoria do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), a Paraíba perderia oito deputados, sendo dois federais e 6 estaduais
Ao defender a proposta e contrariar a resolução do TSE, Cássio justificou: “Nós, os três senadores da Paraíba, não faremos nada além do que preservar as nossas atribuições e as competências de um Congresso Nacional tão enfraquecido exatamente por abdicar do seu poder de legislar, de definir e transferir para outros Poderes aquilo que é da nossa competência, tornando este Congresso cada vez menor”.
No caso específico da Paraíba, prevaleceu a união da bancada. Coordenador da bancada no Senado, Cássio Cunha Linha disse que a coesão é a senha da atual representação do Estado no Congresso Nacional. “A palavra de ordem é multiplicar esforços. Fomos eleitos para defender a Paraíba e os paraibanos.  Não tem sentido subtrair ações. É preciso somar.  Já disse – e repito – que todas as prefeituras dos 223 municípios do Estado contam com o meu apoio, em caráter suprapartidário. É este o meu dever e obrigação como senador da Paraíba - explica o senador, com didatismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário