Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 14 de março de 2013

Docentes acusam RC de “egocêntrico e autoritário” e paralisam atividades

panfleto dos sintep paralisação
Os professores da rede estadual de ensino paralisam suas atividades, por 48 horas, a partir desta quinta-feira (dia 14). Com isso, cerca de 400 mil alunos de todo o Estado deverão ficar sem aulas. Segundo o Sintep (Sindicato da categoria), a paralisação é um protesto contra o Governo Ricardo Coutinho, por insistir “em desrespeitar os trabalhadores em educação”.
“A educação na Paraíba não pode ser um objeto manipulado ao bel prazer de um gestor egocêntrico e autoritário. Basta de desmandos”, diz nota distribuída pelo Sindicato. Segundo o Sintep, o Governo publicou no Diário Oficial do Estado, em 27 de janeiro, as tabelas de remuneração, com vencimentos diferenciados entre algumas categorias, em descumprimento com o Plano de Cargos.
“O objetivo é a desagregação da categoria. Além do mais, o Governo insiste na prática do apadrinhamento, onde aliados recebem os benefícios que o Governo julga adequados, enquanto os demais, especialmente os adversários são discriminados”. A categoria pretende realizar vários atos públicos pelo Estado, além de uma assembleia na sexta para definir os rumos da paralisação.
O Sindicato distribuiu um panfleto, em que apresenta as tabelas de remuneração do pessoal da Educação, que vai de R$ 839,51 até R$ 1.967,18. As tabelas mostram que o Governo discrimina os vencimentos de quem está em sala de aula e aqueles que, por alguma razão, não estão.

Helder Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário