Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Quebra de autonomia da UEPB acabaria com sonho do Vale do Piancó em ter um campus universitário

O caso é o seguinte: com essa quebra da autonomia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) denunciada pela corajosa, destemida e guerreira conterrânea Marlene Alves [itaporanguense que há sete anos faz uma gestão de sucesso à frente da instituição, o Vale do Piancó pode continuar sonhando com a implantação de um campi, prometida pelo governador em junho do ano passado quando de sua vinda a Itaporanga.

Em entrevista nesta quarta-feira (1º), no Polêmica PB, a reitora disse que em cinco anos de autonomia a UEPB saiu de uma condição precária para uma instituição de reconhecimento mundial. Nesta entrevista, ela lembrou que não houve repasse do duodécimo de janeiro até março de 2011 e que o fato desencadeou um processo de paralisação na UEPB, após nove anos sem movimentos grevistas na instituição.

O fato é que o dinheiro sempre foi depositado numa conta específica da própria instituição, mas, hoje, por ordem do governador Ricardo Coutinho (PSB), está sendo depositado numa conta única do Governo do Estado fazendo a instituição regressar ao ano de 2003.
Por Ricardo Pereira (Itaporanga)

Nenhum comentário:

Postar um comentário