Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Passaram-se 30 dias e a impunidade reina no caso da morte do Professor Ival Raimundo

Passaram-se 30 dias e a impunidade reina no caso da morte do meu amigo Ival Raimundo. Ival foi morto covardemente em seu apartamento na cidade de Cajazeiras, aqui no sertão do estado. Até agora nenhuma pessoa foi indiciada, existem apenas pistas que não leva a nenhuma definição de quem foi o covarde que assassinou meu amigo, ou mandante do crime.
Amigos e familiares tentam a todo instante montar uma cena de como poderia ter sido o crime, mais Ival era amigo de todos e talvez por isso, seja tão difícil partir de uma linha que leve ao criminoso.
Acredito na nossa justiça, acredito que neste momento as investigações não param e acredito ainda, que a qualquer instante o verdadeiro culpado pelo assassinato de Ival estará atrás das grades e para ficar lá por muito tempo.
Acredito mais ainda na justiça Divina, talvez a única justa e que realmente dê ao assassino do meu amigo a verdadeira punição.

A família e nós amigos, pedimos mais empenho da polícia de Cajazeiras para solucionar este crime tão covarde, para que não caia na impunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário