Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Vitalzinho diz que aceita proposta de Cássio para aliança entre o PSDB e o PMDB, mas impõe condição...

Foi revelado hoje o teor da conversa ocorrida durante o jantar entre os senador Cássio (PSDB) e Vitalzinho (PMDB). O tucano teria feito a seguinte proposta de aliança para as eleições deste ano: Cássio para o Governo e Veneziano pro Senado, além do ex-prefeito Luciano Agra (PEN) como vice. Uma chapa que liquidaria a fatura logo no primeiro turno.
Vitalzinho achou salutar o convite de Cássio para o diálogo e ouviu atentamente a proposta, mas questionou as complicações que Cássio ainda tem na Justiça Eleitoral que podem o impedir de concorrer ao pleito. Então, o peemedebista disse que aceitaria a proposta de Cássio, mas com uma condição.
No caso da candidatura de Cássio ser impugnada, o tucano deveria apoiar Veneziano na cabeça de chapa e indicar o irmão, vice-prefeito de Campina Grande Ronaldinho, para o Senado. Ou seja, com o Governo no Grupo Cunha Lima o grupo Vital do Rego fica com dois Senadores e vice-versa.
Portanto, em ambos os cenários Campina Grande teria a partir de 2015 o Governador e os três Senadores, além de mais da metade dos deputados. Consolidando sua hegemonia política na Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário