Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Raíssa diz que Cássio revelou mágoa com RC e que governador se arrependeu de trocar Agra por Estela

“A Paraíba, tirando João Pessoa, conheceu Ricardo Coutinho através de Cássio"

A vereadora Rayssa Lacerda (PSD) fez  fortes revelações, nesta quarta-feira (12), durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, contra o governador Ricardo Coutinho (PSB), e anunciou que em breve a Paraíba irá receber uma ótima notícia.
Raíssa revelou ainda que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) está muito magoado com o governador por ele, segundo ela, ter abandonado algumas de suas obras e inaugurar outras iniciadas na gestão do tucano, sem sequer citar seu nome.
Outra revelação bombástica da vereadora foi a de que Ricardo Coutinho se arrependeu de trocar o ex-prefeito Luciano Agra por Estela Bezerra nas eleições de 2012. Segundo Raíssa,  foi a própria primeira dama do Estado, Pamela Bório, lhe disso isso.
A parlamentar fez questão de dizer que respeita o governador, porém, assim como a Paraíba, ela foi apresentada ao gestor estadual através do senador Cássio Cunha Lima (PSDB): “A Paraíba, tirando João Pessoa, conheceu Ricardo Coutinho através de Cássio. Cássio apresentou Ricardo para a Paraíba. Sou uma cassista que se tornou ricardista”.
Com uma entrevista inflamada, a vereadora afirmou que em breve será feita uma revelação estadual. “A Paraíba vai pular de um pé só de tanta alegria. Vai voltar o diálogo, e tem gente que vai precisar mostrar que tem voto sozinho”, disse.
"Não posso fazer a revelação pois dependo de José Lacerda Neto, de Rômulo Gouveia e de Cássio. O que eu sei é que o tão esperado vai acontecer", acrescentou. 
Sobre a sua relação com Ricardo Coutinho, ela afirmou que fez camapnha por Ricardo, andou nas ruas pedindo votos para o socialista, mas agora viu que o que foi prometido pelo socialista não foi cumprido. “Votei em Ricardo, briguei por ele e lutei por ele. Eu trabalhei muito por Ricardo, passei até protetor na orelha dele, que não está reconhecendo o valor dos cassistas”, afirmou.
Questionada se Cássio estaria magoado com o governador, Rayssa Lacerda disse que Cássio o próprio Cássio lhe confidenciou que está magoado com Ricardo, com a situação de Campina Grande, com as obras que foram iniciadas na sua gestão e que agora Ricardo anuncia como sendo dele: “Na política existe o nós. Quem começou e quem terminou. Na política é preciso ter gratidão (...)”
Ela também citou como exemplo do desgaste na relação entre Cássio e Ricardo, o suposto episódio de Brasília, onde o governador manteve audiência com o entãoministro da Integração Fernando Bezerra e deixou o senador fazendo salano gabinete do ministro; e um almoço, tambémem Brasília, que Cássio tinha agendadado com Ricardo e teria levado um chá de cadeira de mais de duas horas. 
Apesar de deixar claro que o rompimento entre o PSB e PSDB é algo decidido, a vereadora disse que ainda não existe um racha, e irá esperar Cássio anunciar: “A imprensa, a Paraíba, o povo vai pular de alegria igual saci. Eu dependo de um grupo e não posso anunciar na frente. Vai ter gente que vai sair perdendo, e vai precisar provar que tem voto sozinho. Ninguém faz nada só. Todo mundo precisa de todo mundo. Estou andando de João Pessoa até Cajazeiras e sei o sentimento das pessoas. Estaremos juntos com Cássio”.
Com o pai fazendo parte da administração estadual, ela não disse quando José Lacerda irá entregar o cargo, mas ironizou dizendo que “o mundo todo” iria sair do Governo.
A entrevista foi finalizada com o comentário da parlamentar sobre a possível data para o anuncio oficial do fim da aliança entre o PSB e PSDB: “Vinte de fevereiro é o meu aniversário, e seria um grande presente. A Paraíba está com saudade. A paraíba está carente de afago, de uma pessoa para ouvir e de uma pessoa bonita para sorrir”.

Da Redação
WSCOM Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário