Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Professora de Itaporanga conclui doutorado e entra para rol dos grandes intelectuais do Vale

Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A professora de enfermagem Hérica Paiva Felismino (foto) entrou, na última segunda-feira, 24, quatro dias depois de completar 35 anos de idade, para o pequeno rol de brilhantes intelectuais itaporanguenses que conseguiram concluir um doutorado, se juntando a grandes nomes como o engenheiro José Silvino Sobrinho e o trombonista Radegundis Feitosa (já falecido).

A professora, que teve como base escolar o Colégio Diocesano Dom João da Mata, onde concluiu o ensino fundamental no início da década de 90, defendeu a tese de doutorado no último dia 24, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, e foi aprovada pela banca avaliadora. Sua pesquisa é intitulada Educação Biossustentável: uma proposta teórico-metodológica para a formação de professores em Educação Ambiental.

“A tese foi resultado de quatro anos de trabalho da pesquisadora e culminou com a formulação de uma teoria que visa à melhoria da formação de professores para atuar no campo da Educação Ambiental e em outras áreas do conhecimento”, explicou o irmão da professora, o enfermeiro Erikson Paiva, que atualmente é coordenador do Samu de Diamante.

Segundo informou Erikson, “A tese foi muito elogiada pela banca de avaliadores, recebendo, a autora, convites para implantação da Educação Biossustentável na formação de Educadores Ambientais do Cariri Paraibano”.

A nova doutora pretende, agora, “divulgar a sua teoria através de um livro que a mesma pretende lançar até o final do ano e de disseminar a sua proposta em cursos de capacitação de professores pelo Brasil afora”, comentou o enfermeiro.

A Drª. Hérica é filha do advogado José Felismino e de Maria Aglaê Paiva. Além de Erikson, ela ainda tem mais dois irmãos: o médico Jaildes Felismino e o advogado Tarciano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário