Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Cássio, Ricardo e o ponto final! por Radialista e Blogueiro Clilson Junior do ClickPB

Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe? Em um casamento que a saúde vai mal, a educação é nota zero e a segurança a pior de todos os tempos, não tem casamento político que dure mais de quatro anos, concorda?

 

Antes que você comece essa leitura, viagem no tempo e releia minha coluna “Até que o Mago os separe” escrita em 04 de Março de 2009 no PBAgora, portal que tive o prazer de trabalhar e manter uma coluna diária. Na época antecipei através de uma paródia a aproximação de Cássio e Ricardo, episódio marcado por bola de gudes e óleo diesel na estrada de Cícero que sonhava disputar a eleição de 2010 contra o atual governador, Ricardo Coutinho. 

Essa separação de Cássio e Ricardo não é pública nem notória, mas todos sabem que já existe de verdade."
Hoje, 07 de fevereiro de 2014, posto novamente a mesma história, mantenho “Ipsis litteris”, “com as mesmas letras", "literalmente igual” e "nas mesmas palavras"  e o mesmo pedido musical, invertendo apenas os personagens, agora, Cássio deixando Ricardo e voltando para casa, arrependido depois de uma aventura que durou quatro anos. Romperam! Ricardo e Cássio já não formam aquele bonito casal. Jaz!

Essa separação de Cássio e Ricardo não é pública nem notória, mas todos sabem que existe de verdade. Falei com o senador Cícero Lucena novamente, aquele mesmo personagem traído de 2009, sobre o mesmo assunto. A conversa agora não foi em off (O off é um instrumento do repórter para o bom jornalismo. Trata-se de uma prerrogativa. O off é uma ferramenta de atribuição exclusiva do repórter. É ele quem decide sobre seu uso, extensão e duração. Nem o editor, nem o veículo de comunicação excedem o poder do repórter sobre o off. O repórter é o senhor absoluto e exclusivo do off),ele me garantiu 99,99% o rompimento é uma questão de dias.

Depois da conversa fiquei ruminando como se dará a  ruptura entre Cássio e Ricardo. Cássio deve ter seus motivos que devem ser respeitados, Ricardo deverá sofrer bastante, amor não correspondido dói!

Voltei a imaginar como acontecerá a conversa final entre Cássio e Ricardo. Confesso que de todos os sonhos, o melhor foi esse contado abaixo, através do mesmo pedido musical de 2009. 

Cássio: Governador. Preciso falar com o amigo. Estais na Granja?
Ricardo: Sim.
Cássio: Precisamos conversar.
Ricardo: Claro que sim. Aonde pode ser?
Cássio: Na Granja agora.
Ricardo: Tô aguardando.
Cássio: Agora.

Cássio chega à Granja e começa a cantar...

Antes que alguém lhe conte a verdade eu mesmo abro o jogo / Faz muito tempo que eu não quero nada do que você quer / O que eu sentia por você no ano de 2009 / Agora eu sinto dez vezes mais forte pelo PSDB / Eu não consigo fazê-lo feliz infeliz assim / Você me toca, mas o que lhe toca já não toca em mim.

Não conto às vezes que fui contar tudo e desisti na hora / Tomei coragem de perder o medo e provar que não minto / Estou sentindo que as pessoas sentem que eu não sinto nada / Eu sinto muito, mas infelizmente amor eu não sinto / Vivo cansado de inventar desculpas que estou cansado / Eu estou certo que nada dá certo começando errado.

Eu só desejo que você encontre quando me perder / Alguém que emende o elo de sonho que havia entre a gente / É muito cedo pra pensar que é tarde e desistir de tudo / Refaça os planos esqueça o que ouve toque a vida em frente / Nós dois compomos a trilha sonora de um filme real / A nossa historia já passou do tempo do ponto final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário