Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Padre Djacy registra momento em que caçador prepara tamanduá para o próprio sustento no Vale do Piancó.

Image


As chuvas que caíram semana passada em praticamente toda Paraíba não foram suficientes para aliviar o sofrimento da maioria dos paraibanos, principalmente os sertanejos. O Padre Djacy Brasileiro, pároco de Pedra Branca, uma voz que clama no Sertão surpreendeu a todos nesta tarde ao postar no seu Facebook, fotos de um animal que foi abatido e estava sendo despelado em uma comunidade rural. Nada de anormal se o animal em questão não fosse um tamanduá. Isso mesmo, com o gado morrendo de fome e sede, e com as galinhas ficando cada vez mais escassas, os sertanejos encontraram no tamanduá, um meio de garantir alimento para suas famílias.
A cena pode parecer grotesca ou selvageria, mas para quem convive com o drama diário da seca, sabe que está cada vez mais difícil garantir alimentação. O padre disse apenas que fazia mais uma de suas peregrinações pelas comunidades rurais do interior, quando se deparou com a cena. Ao indagar as pessoas por que eles estavam fazendo aquilo, a resposta foi seca (com perdão do trocadilho): “para comer, padre, para comer”. (com Pe. Djacy)

Nenhum comentário:

Postar um comentário