Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Enquanto RC ‘namora’ inimigos de Cássio, tucano inicia ‘paquera’ com algozes do Mago


2014 em xeque: enquanto RC ‘namora’ inimigos de Cássio, tucano reage e inicia ‘paquera’ com algozes do Mago



Tida como a arte dos possíveis, a política, particularmente na Paraíba é bem dinâmica. Prova disso são as alianças que se fazem e se desfazem ao longo de cada campanha eleitoral.

A 18 meses das eleições de 2014, o assunto predominante nos partidos são as costuras políticas para o próximo pleito.

De olho em mais um pleito estadual, mais uma vez, ‘o tabuleiro político’ começa a ser movimentado no Estado e a possibilidade de mais uma aliança ser ruída se torna real.

Dessa vez quem protagoniza o campo das conjecturas é  o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Juntos em 2010, a dupla admite repetir a dobradinha vitoriosa  em 2014, no entanto, tanto um lado quanto o outro fazem individualmente seu próprio jogo.

Enquanto o governador Ricardo Coutinho namora os inimigos do senador Cássio, ou seja, a ala peemedebista, inclusive com garantias de espaço na chapa majoritária para o ex-senador Wilson Santiago (PMDB), além do acolhimento aos prefeitos da sigla de Zé, o tucano mostra que também sabe fazer política, marcando um encontro com o ex-prefeito Luciano Agra (sem partido), adversário declarado do governador da Paraíba.

Como Agra não tem mandato, o encontro de Cássio com o ex-prefeito só tem em pauta um único tema: eleições 2014.

Provocar ciúmes em RC ou firmar uma aliança para o próximo pleito? Ninguém sabe quais as pretensões de Cássio em se aproximar do hoje algoz do governador Ricardo Coutinho, já que nem um nem outro adiantam o assunto à imprensa.

Nos bastidores também já se fala em uma possível filiação do vereador Bira Pereira, que atualmente é filiado ao PSB, no partido do senador Cássio Cunha Lima – o PSDB. O convite a Bira já teria sido feito por um dos membros do ninho tucano, mas ainda falta ser reforçado pelo senador paraibano.

Do lado do PSDB, poucos são os filiados que corroboram com o governo socialista, um eles, é o deputado Hervázio Bezerra (PSDB).

Principal defensor do Governo, o tucano é suplente de deputado e só conseguiu a titularidade do mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba graças a uma articulação do ‘Mago’.

O encontro entre Cássio e Agra está agendado para esta semana.

Ainda na semana passada, Agra se reuniu com o ex-prefeito Veneziano (PMDB), mas deixou claro que não foi firmada nenhuma aliança.

Assim como Ricardo Coutinho, Cássio também busca o ‘xeque mate’.


Cenário de 2014


Se as eleições fossem hoje, conforme levantamento do Jornal Correio da Paraíba, haveria pelo menos seis candidaturas ao Governo do Estado. Uma seria a candidatura natural à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). O ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo encabeçaria a chapa do PMDB. Outra representaria o bloco formado pelo PT, PP e PSC ainda sem candidato oficial, mas que tem o ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro e o ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra como opções. No caso de Agra, ele teria que se filiar a um desses partidos. Fala-se em conversas bem avançadas com o PT.


Ainda ventila-se a possibilidade de o PSDB ter o senador Cássio Cunha Lima na disputa, mas se depender da vontade do presidente estadual da legenda, deputado federal Ruy Carneiro, a candidatura tucana é tida como certa. Além destas, ainda há a candidatura do PCO e do PSTU, que devem dividir a chapa com o PSOL, que também já demonstrou o mesmo desejo


Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário