Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 25 de maio de 2012

À pedido de Cássio a Comissão de Relações Exteriores apóia indicação de Ariano Suassuna para o Nobel de Literatura

A pedido do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) a Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou, ontem (24), a indicação pelo Brasil do escritor paraibano [romancista, dramaturgo e poeta] Ariano Suassuna, autor de obras como O Auto da Compadecida, como candidato ao Prêmio Nobel de Literatura de 2012. Cássio apresentou requerimento neste sentido (234/12), onde solicita que a Presidência do Senado, "utilizando os meios diplomáticos competentes", indique o nome de Ariano Suassuna à apreciação da Academia Sueca como candidato brasileiro ao prêmio.
Cássio pediu que a instrução do pedido seja feita com colaboração do Ministério das Relações Exteriores. "A vida e obra de Ariano Suassuna contém expressão filosófica que transpõe as limitações temporais e de gerações, atingindo todos os públicos e transportando-se pelos mais diversos e modernos meios de comunicação", enfatizou Cássio. Ele frisou que há traduções da sua obras em inglês, francês, italiano, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês. O senador Aloysio Nunes (PSDB), relator ad hoc, observou: "A Comissão de Relações Exteriores não pode negar apoio unânime à proposta".
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário