Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

PISO NACIONAL UMA LUTA QUE DEPENDE DE CADA AGENTE DE SAÚDE

Depois que a CONACS publicou o balanço das traições e armadilhas feitas pelo Governo Dilma, resolvi tecer alguns comentários sobre a Guerra dos Agentes de Saúde x Governo do PT e seus aliados.

Ao longo de mais de 3 anos, os mais de 300 mil ACE e ACS, dormem e acordam sem que vejam a concretização do sonho de um piso salarial digno, que depende tão somente da vontade política do Governo Federal.
Um sonho que não custará muito ao Governo Brasileiro, apenas custará o esforço da Presidente Dilma, de parar e analisar, que sem os agentes de saúde, os próprios Municípios Brasileiros não serão utilizados como seus currais eleitorais.
Um dos maiores captadores de votos desse País sequer existiria, se não fosse os agentes de saúde. Refiro-me ao Programa Bolsa Família, que depende diretamente dos agentes em todos os aspectos.
Além do Bolsa Família, diversos outros programas dependem diretamente dos ACE e ACS, a exemplo do Saúde na Escola, Programa Dengue, PEMAQ-AB, etc.
As próprias equipes de Estratégia de Saúde da Família-ESF, sem os agentes comunitários de saúde não passam de corpos ambulantes, sem os seus membros inferiores.
Corpos inertes, desconectados com as comunidades e sem nenhum vínculo social, o que foi necessário e indispensável para o sucesso do Programa Saúde da Família, invejado por muitos países e desvalorizado pela Presidente Dilma.
Quando os agentes entram em greve em um determinado município brasileiro, observa-se a fundo a importância e indispensabilidade dos agentes de saúde no SUS. Sem os agentes, a equipe inteira para. Os demais servidores ficam ecoados, primeiro com a falta de habilidade de lidar com as camadas mais pobres da sociedade, segundo por que a autoridade maior do SUS e o líder comunitário está em greve.
Para o médico ou qualquer outro membro da equipe visitar um paciente na área, a presença do agente de saúde além de necessária é indispensável. Por que será? Simples. Sem esses anjos e mensageiros do SUS, as comunidades só saberiam o que é saúde pública nos leitos dos hospitais.
Antes de existir o Programa Agentes Comunitários de Saúde-PACS, predominava a saúde curativa. Hoje não, pois graças aos agentes de saúde, o Governo Federal economiza bilhões de reais por ano.
 Graças as máquinas mais baratas do Mundo, que sem sombra de dúvida, são as verdadeiras responsáveis por essa economia, o Governo Federal, cego ou a fingir-se, ainda não se deu conta, de que os agentes de saúde, de máquinas que geram economia, podem se transformar em máquinas de guerra política contra aqueles, que hoje nos dão as costas, mas amanhã precisarão do nosso apoio.
  Não me refiro apenas ao apoio do voto individual, mas o de nossos familiares e amigos, e principalmente, da nossa liderança e autoridade nas comunidades.
Cegos ou não, será que a Presidente Dilma e seus deputados e senadores já pararam pra calcular o peso de mais de 300mil cabos eleitorais, enfurecidos e organizados, com a liderança e o respeito de quase 100% da população?
Se ainda não pararam para calcular é bom que cuidem, pois 2014 está por vir, e diferente de outros pleitos, esse será um dos mais acirrados e surpreendentes combates no campo da política brasileira, que por ser tão suja e escorregadia, já passou da hora de ser limpa.
Prefeitos e vereadores são eleitos com os votos da população de seu respectivo município; deputados, senadores e governadores com os votos da população de seu respectivo estado, e a Presidente Dilma, com os votos da População Brasileira, mas todos sem exceção, dependem de nós, afinal NÃO SÃO ELEITOS COM OS VOTOS UNS DOS OUTROS.
Se algum deputado(a) acha que está enganando os agentes de seu estado, por orientação de seu partido ou por que recebeu uma solicitação da Presidente Dilma para ser contra nosso piso, está redondamente enganado(a).
Por mais que os agentes de saúde conheçam pouco               “o fazer política” que os Deputados conhecem profundamente, todos sabemos muito bem  como fazer nas nossas comunidades, a política destrutiva contra aqueles que deixaram cair as suas máscaras.
A CONACS já fez muito pós todos nós. Não digo que fracassou, mas afirmo: “baixou a guarda pra o Governo, quando deveria ter usado os mais de 300mil agentes como escudo, por todos os motivos e fundamentos acima”.
Para as próximas batalhas contra o Governo da Presidente Dilma já temos informações importantíssimas, são elas:
Temos a contabilidade do quantitativo de deputados declarados inimigos dos agentes de todo Brasil, em especial de seus respectivos estados, vejamos:
20 deputados do PT;
15 deputados do PMDB;
01 deputado do PP;
03 deputados do PROS; e
Todos os deputados que se ausentaram do Plenário dia 23/10/2013.

Com essas informações, cabe agora identificarmos nominalmente cada um desses traidores, e de forma organizada, fazermos um bombardeio nas redes sociais, blogs e jornais, até que os traidores dos ACE e ACS tomem conhecimento e possam voltar atrás, pois eles não são eleitos com voto de Dilma.
Essa não é hora de criticar as lideranças nacionais, estaduais e nem municipais, é a hora de se unir contra aqueles que de fato estão contra o ACE e ACS.
 Esse espirito de luta precisa tomar conta dos agentes de todo Brasil, para que com essa força e união, possamos atacar localmente o partido político e o deputado(a) inimigo do agente.

Cosmo Mariz

Nenhum comentário:

Postar um comentário