Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sábado, 5 de outubro de 2013

Marina decide se filiar ao PSB e admite ser vice de Campos em 2014...

 Marina e Campos durante anúncio da filiação da ex-senadora ao PSB - Dida Sampaio/Estadão
No lance mais surpreendente até agora da corrida ao Palácio do Planalto, a ex-senadora Marina silva decidiu se filiar ao PSB e se unir ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos, para disputar a eleição presidencial de 2014. Marina assinou agora há pouco em brasília a ficha de filiação ao PSB, precedida de entrevista coletiva de ambos os líderes. 
Em seu discurso, a ex-senadora disse que entrou no PSB para "adensar" a candidatura de Campos, e que não seria possível chegar a um partido com a candidatura "posta" e pedir para ser a candidata. Marina, que estava muito bem humorada, falou que Campos acabou sendo seu "Plano C". Aliados de Marina admitiram a possibilidade de que ela seja a vice de Campos.
A decisão foi tomada ontem após quase dois dias de reuniões, indefinições e rachas internos no gupo de Marina, e cria uma terceira via para 2014 em contraposição a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e à postulação do oposicionista Aécio Neves (PSDB). A aliança foi acertada na noite desta sexta-feira (4). Ao tomar conhecimento de que havia interesse na proposta, Campos pegou um avião para Brasília, onde combinou os detalhes da divulgação oficial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário