Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Mesa Diretora rejeita Recurso de Santiago e confirma para amanhã posse de Cássio no Senado

Chega ao fim à via crucis do tucano Cássio Cunha Lima (PSDB) para tomar posse no Senado Federal. Na manhã desta segunda-feira (07), a Mesa Diretora do Senado Federal se reuniu e decidiu rejeitar o pedido do terceiro colocado, Wilson Santiago (PMDB) para permanecer no cargo. A posse de Cássio acontecerá às 18h (horário de Brasília), desta terça-feira (08).

Na ocasião, a Mesa também acatou o relatório do senador Ciro Nogueira (PP-PI), sobre o pedido de Cássio para tomar posse imediatamente. No parecer entregue à Mesa, Ciro Nogueira votou pela posse imediata do tucano no Senado, conforme determinação do Supremo Tribunal Federal.

"É um caso específico que diz respeito à validação da recontagem dos votos por conta da Lei da Ficha Limpa. Então, nós temos apenas que cumprir a decisão judicial. Não podemos ter quatro senadores com diploma - disse o quarto secretário, Ciro Nogueira (PP-PI), que apresentou o parecer sobre o caso.

O parecer de Ciro foi antecipado pela reportagem do portal PB Agora, na ultima sexta-feira (04).

No recurso, Wilson Santiago pedia que a Mesa Diretora adiasse a posse de Cássio sob o argumentou de que precisava ficar no cargo até que o Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) nº 22781, ajuizado pela defesa dele dia 28 passado, no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), fosse julgado.

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a posse imediata de Cássio, no dia 19 de outubro, por não reconhecer a possibilidade de aplicação da Lei da Ficha Limpa no pleito de 2010.

Com a posse do tucano, o senador Wilson Santiago (PMDB), que ficou em terceiro lugar nas eleições de 2010, deverá deixar o mandato.

O tucano foi eleito o candidato mais votado da história da Paraíba e, um ano depois da eleição, vai tomar posse na cadeira garantida pelo voto de 1.004.183 paraibanos.

Cássio comemora a decisão no twitter

Logo após a decisão, o senador Cássio Cunha Lima comemorou a decisão em seu twitter e confirmou a mudança apenas no horário da posse, que estava prevista para ás 14h30, mas foi transferida para às 18h (horário de Brasília)

Confira o post logo após a confirmação da posse:
PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário