Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Filho de presidente da FETAG morre em Academia de Patos

O filho do presidente da FETAG (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do estado da Paraíba) Liberalino Lucena, "caboquim", como é mais conhecido o presidente, Jordivan Lucena 40 anos, casado, que residia no bairro Santo Antônio, sofreu um ataque fulminante na manhã desta sexta-feira (04), por volta das 06h e faleceu antes mesmo de receber os primeiros socorros.

Conforme informações de algumas testemunhas, na hora em que malhava, Jordivan se sentiu mal e acabou caindo. Apesar do esforço dos companheiros de academia e de alguns policiais que chegaram minutos após o incidente, e que tentaram reanimá-lo, ele não resistiu e morreu.

Muita gente se aglomerou em frente à academia Oxigênio, na Rua São José bairro Santo Antônio, para ver o corpo do rapaz. As portas foram fechadas e o acesso ficou só, entre, policiais e familiares.

Coincidentemente morreu também em uma academia de ginástica a jovem Ana Carolina, aos 26 anos, que era filha do jornalista Gutemberg Cardoso (rádio Paraíba FM) vítima de aneurisma cerebral. A tragédia aconteceu no último dia 26 de outubro quando ela malhava na cidade do Recife-PE. Mesmo sendo socorrida, a jovem sofreu 05 (cinco) paradas cardíacas e não resistiu.

Está mais do que na hora das autoridades reverem os conceitos sobre as academias de ginásticas em Patos e lá, como todo outro lugar público, tem que haver normas específicas com condutas determinadas e evitar assim os excessos. Não seria o caso do rapaz morto, porém é bom lembrar que várias tragédias são registradas por causa dos excessos em academias (o autor).

O que mais constrageu a família da vítima, foi a espera angustiante pela equipe responsável pela remoção do corpo para ser levado ao UML (Unidade de Medicina Legal). Passavam-se das 07h:50m até o fechamento desta edição e o Rabecão ainda não havia aparecido.

Fonte Portalpatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário