Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Tomógrafo locado pela Prefeitura de Piancó por R$ 40 mil ao mês, que nunca funcionou, é levado embora em carroceria de caminhão

 
Um equipamento destinado a fazer tomografia de alta resolução locado em 2010 pela Prefeitura de Piancó, ao preço mensal de R$ 40 mil, passou dois anos sem funcionar e o município pagando. O mais grave: esta semana, um advogado (foto acima), que é casado com a atual prefeita Flávia Galdino, anunciando que fora contratado por uma empresa do Rio Grande do Norte, retirou o tomógrafo, colocou-o na carroceria de um caminhão e levou embora. Veja a denúncia encaminhada ao Blog pelo vereador Pádua Leite:
No dia 15 de janeiro de 2010, a Prefeitura Municipal de Piancó celebrou Contrato de Locação de Equipamentos de Rádio Diagnóstico de Alta Complexidade nº 01/2010 com a empresa CASA DO MÉDICO COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALAR LTDA., localizada na cidade de Curitiba, comprometendo-se a pagar mensalmente a importância de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) pela locação de 01 (um) tomógrafo helicoidal, 01 (um) mamógrafo de alta resolução, 01 (um) desidômetro de alta resolução, 01 (uma) processadora automática, 01 (uma) impressora videoprinter para o tomógrafo e 02 (dois) laringoscópios.
A Prefeitura de Piancó pagou, no período de janeiro a setembro de 2010, a bagatela de R$ 320.000,00 (trezentos e vinte mil reais), sem, contudo, construir local adequado para a instalação dos equipamentos e, o pior, sem proceder a nenhum exame durante o período de janeiro/2010 a outubro/2012. Ontem, para surpresa dos piancoenses, o advogado Antônio Remígio da Silva Júnior compareceu a sede do Consórcio Intermunicipal de Piancó e retirou, com autorização da prefeita Flávia Serra Galdino, o tomógrafo, sem qualquer justificativa, e pasmem, alegando ser advogado de uma empresa do Rio Grande do Norte, portando, inclusive, uma Nota Fiscal do equipamento.
Os piancoenses não entenderam o por quê de o advogado da Prefeitura Municipal de Piancó e marido da prefeita, agora, se dizer advogado de uma empresa potiguar e, para indignação de todos, retirar um equipamento que custou caro aos cofres municipais. O vereador Pádua Leite (PT) acionou a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Ministério da Saúde denunciando a locação dos equipamentos e, agora, irá comunicar o fato ao ministério e, ao mesmo tempo, garantir o ressarcimento aos cofres municipais dos valores gastos indevidamente. (com Tião Lucena)

Nenhum comentário:

Postar um comentário