Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Em Igaracy o esporte é abandonado pelo poder público.

A cidade de Igaracy localizada no Vale do Piancó, vive hoje um caos na área esportiva. Há anos nenhum investimento é feito no município e a juventude da cidade não sabe mais onde praticar esportes.


Enquanto várias cidades por este estado a fora, constroem estádios e quadras esportivas, em Igaracy a população e o jovem acima de tudo assiste o estádio da cidade virar ruínas e a única quadra esportiva ser demolida para no local ser construído “barzinhos”. O problema não é a construção de uma praça de alimentação, isso pode vir ser até interessante para o turismo da cidade, a maior preocupação é a ausência de locais para a prática de esportes. Hoje na cidade de Igaracy existem duas quadras esportivas, uma é localizada no Colégio Municipal (para uso de alunos) e outro é na Escola Joselita Brasileiro (esta ha quase um ano interditada por má manutenção). Ainda faltam academias ao ar livre e pistas de caminhadas, isso força os esportitas a fazer suas atividades no acostamento do asfalto, gerando um alto risco de acidente. Então fica claro que, quando o jovem de Igaracy for à praça ou ele come ou ele bebe, nada de praticar esporte por lá.

Diante de tudo isso, ficará a pergunta as principais autoridades do município. Será construída outra quadra esportiva? O estádio será reformado ou reconstruído? Não seria interessante a construção de uma quadra próximo ao estádio, já que aqueles terrenos pertencem a própria prefeitura?

Vejam abaixo fotos da quadra e do estádio de futebol:

Quadra municipal no centro da cidade:

 Estádio Municipal no mês de junho deste ano:



Um comentário:

  1. É verdade Hugo,concordo plenamente com suas palavras,e esse projeto que saiu no lugar da quadra só é pra influenciar ainda mais o consumo de álcool na cidade,ou induzindo a população a se entupir de porcaria,e tornando cada vez mais pessoas sedentarias,aumentando assim o risco de doença,que nesse caso ja gera outro problema(hospital e medicos)que se for falar escrevemos aqui textos e textos,mas deixa essa pra outra oportunidade.

    ResponderExcluir