Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Prefeito revoltado com Coutinho e Dilma pela falta de apoio efetivo às vítimas da seca

Prefeito Tintin (Imagem de Internet)
A expressão do prefeito Tintin, do município de Aguiar, é de revolta e descontentamento com os governos estadual e federal pela falta de apoio efetivo aos municípios castigados pela seca, especialmente no que se refere ao abastecimento d’água das comunidades rurais, que tiveram seus reservatórios engolidos pela estiagem. A falta de uma ação emergencial de perfuração de poços e a ausência de recursos para contratação de carros-pipas e outros auxílios às vítimas da calamidade são omissões dos governos Coutinho e Dilma que têm contribuído para o agravamento da situação, conforme o prefeito. “Eles não sabem o que é seca, não sabem o que é sofrimento, não conhecem nossa realidade, mas, se a seca fosse no Sul do país, não faltaria dinheiro”, lamentou o gestor, ao criticar também o excesso de burocracia que os governos impõem para liberar uma ajuda parca e insuficiente: “se a situação é emergencial, não entendo por que a exigência de tantos documentos, alguns deles tão difíceis que nem compensa correr atrás”.

Além de todo sacrifício financeiro das Prefeituras para garantir água às comunidades rurais castigadas pela sede, que afeta gente e bichos, algumas delas de difícil acesso, como a Serra de São Pedro, em seu município , o gestor ainda criticou algumas medidas econômicas  do Governo Federal que têm contribuído para a queda drástica do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), única fonte financeira das Prefeituras regionais. “Para sustentar as grandes indústrias e montadoras, o governo retira o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que é um imposto que alimenta o fundo municipal, sacrificando os municípios em um momento tão difícil como este”, comentou.

Não é a primeira vez que o prefeito denuncia a omissão dos governos federal e estadual, mas, da última crítica para cá, a situação continua do mesmo jeito.
 
Fonte: FolhadoValeOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário