Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Hospital de Patos divulga nomes das 27 vítimas de acidente com ônibus da Guanabara

Um acidente ocorrido na madrugada desta segunda-feira 28 envolvendo um ônibus de passageiros da Expresso Guanabara que viajava de João Pessoa para Cajazeiras, fato registrado por volta das 2h, que virou na Serra de Santa Luzia, mobilizou um grande número de profissionais do Hospital Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro. Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, psicólogos prestaram atendimentos aos feridos, que não apresentaram traumas graves, sendo necessária a transferência de apenas um, o motorista, com fratura de fêmur e bacia.

Logo que ocorreu o acidente, o RH foi comunicado e teve tempo para montar a equipe que estava de plantão e a de sobreaviso. O diretor do Janduhy Carneiro, Eliseu de Melo, suspendeu todas as cirurgias eletivas (programadas) do dia para que o bloco cirúrgico ficasse à disposição para os casos de urgência. Deram entrada no HR 27 pessoas traumatizadas sem gravidade. Foram feitos exames radiológicos, de sangue, suturas, administrados toda a medicação necessária. “Alguns serão liberados hoje, mas outros ainda concluem exames de rotina do trauma. O hospital mais uma vez está lotado por pessoas com traumas, confirmando que hoje a doença mais prevalente do século é o trauma”, disse Eliseu.

Apesar do atendimento a todas as vítimas, a ampliação de leitos foi importante neste sentido, o diretor do Regional enfatizou que é preciso ampliação da urgência, redimensioná-la, prepará-la para grandes acidentes. Por Patos ser pólo, cortado por várias rodovias e receber pacientes de dezenas de municípios, precisa se preparar melhor para evitar tumultos, com pacientes muito próximos um do outro, para os profissionais de saúde desenvolver suas funções com mais tranquilidade. “Precisamos ampliar o mais rápido possível nossa urgência. Já comuniquei à Secretaria Estadual de Saúde dessa necessidade”, acrescentou Eliseu de Melo.

A equipe de assistência social do HR acompanhou todos os pacientes e manteve contato com seus familiares, passando informações sobre o quadro clínico deles.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal, o motorista perdeu o controle do veículo no início da serra, nas proximidades do Km 280 da BR 230. A pista estava seca na ocasião. Ainda de acordo com as informações, no ônibus viajavam 42 pessoas. Todos saíram feridos, sendo que dez foram liberados no local e cinco transferidos para hospitais de Campina Grande em estado grave.

Relação das vítimas atendidas no Regional de Patos:

Antônio Carlos Cavalcante, 61, João Pessoa- PB
Kaline Leite Diniz de Morais, 27, Campina Grande- PB
Karla Monteiro de Almeida, 21, Pombal- PB
Alberis Duarte Domingos Cordeiro, 22, Soledade- PB
Elaine de Carvalho Monteiro Cruz, 38, João Pessoa- PB
Orfélia Araújo, 43, Campina Grande- PB
Jony Kends de Sousa Andrade, 27, Bernardino Batista- PB
Helena Raimundo de Andrade, 78, Uiraúna- PB
Márcio Felipe Alves de Andrade, 25, Pombal- PB
Carlos Henrique de Holanda Furtado, 44, Patos- PB
Natália Batista de Oliveira Araújo, 21, Patos- PB
Sabrina Kênia Alves Celeste, 28, Sousa- PB
João Paulo Gomes Brito, 27, Sousa- PB
José Tafarel Oliveira de Araújo, 20, Patos- PB
Raquel Yuska Dantas, 31, São João do Rio do Peixe- PB
Francineide Arcolino da Silva, 54, São João do Rio do Peixe- PB
Benúzia Tatiane Bandeira, 29, São João do Rio do Peixe- PB
José Alves Diniz, 52, João Pessoa- PB
Maria do Socorro Rocha Fernandes 41, São João do Rio do Peixe- PB
Maria Juciane Gonçalves Abrantes, 32, São João do Rio do Peixe- PB
Rosimélia Gomes Araújo, 25, São João do Rio do Peixe- PB
Wedson de Lima Cavalcante, 30, Pau dos Ferros-RN
Maria da Silva Brito, 65, Cajazeiras- PB
Marivaldo Cavalcante, 48, Patos- PB
Maria de Lourdes Cassiano Bandeira, 74, São João do Rio do Peixe- PB
Kaiah Hudson de Sousa Araújo, 21, Campina Grande- PB


Assessoria do HRPatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário