Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Cruzeiro de Itaporanga briga para não ser rebaixado no Paraibano de 2013. Confira!


O Cruzeiro de Itaporanga conseguiu retornar à elite do futebol paraibano depois de cinco anos. Mas não foi nada fácil. A Raposa do Vale, que havia caído em 2008, só conseguiu o acesso na última rodada do quadrangular final da Segunda Divisão. Assim mesmo, com ajuda do Atlético de Cajazeiras.

Campeão por antecipação, o Atlético acabou empatando com a Desportiva Guarabira, ajudando o time cruzeirense, que venceu o Miramar e ficou com o vice-campeonato.

Para tentar evitar um novo sofrimento na Primeira Divisão, a diretoria do Cruzeiro decidiu montar um elenco modesto, porém com profissionais experientes. O técnico é o ex-atacante Betão, que comandou o Sport Campina na Segundona, mas sem sucesso.

De acordo com o presidente Nosman Barreiro, mesmo não tendo muitos recursos para investir em grandes contratações - a folha está estimada em torno de R$ 50 mil - o Cruzeiro terá um time competitivo. A contratação de um técnico que tenta se firmar na profissão, caso do ex-jogador Betão, aponta o dirigente, é uma grande aposta e que pode dar resultados.

- Apesar de não contarmos com muitos recursos, montamos um time competitivo para o campeonato de 2013. Nosso primeiro passo foi optar pela contratação do técnico Betão, que está em busca de seu espaço em sua profissão. Isso é bom, porque ele tem experiência como jogador e vai passar tudo que aprendeu dentro de campo aos seus comandados. Quanto ao elenco, trouxemos muitas novidades, como jogadores com passagens por Treze, Campinense, CSP, entre outros - disse Nosman.

Entre os jogadores mencionados pelo dirigente alviazulino sertanejo, estão os atacantes Nego Pai e Raiff, o lateral-direito Alexandre, o volante Léo Lima. Também o clube manteve alguns atletas que se destacaram na campanha do vice-campeonato da Segunda Divisão. São os casos de volante Roquelan, o lateral-esquerdo Danilo e o zagueiro Paiva.

O Cruzeiro foi um dos últimos clubes a iniciar a sua preparação para a disputa do Campeonato Estadual do próximo ano. Apesar do pouco tempo de preparação, comissão técnica e jogadores esperam largar bem na competição, na partida contra o Atlético de Cajazeiras, no reencontro entre o campeão e o vice da 2ª Divisão deste ano.


Reforço

Mas o maior reforço do Cruzeiro de Itaporanga ainda está por chegar. Dentro e fora dos campos. O presidente Nozman Barreiro garante que Edmundo assina hoje para ser o novo supervisor do time. E que ainda espera convencê-lo a jogar.

- Edmundo é um ídolo da torcida e muita gente pede para ele jogar e ajudar a gente no Paraibano. Acho que ele vai aceitar e ser dirigente e jogador - disse o presidente cruzeirense.

Ex-Sport Campina, Betão quer alcançar o sucesso

Quando uma equipe conquista o objetivo, o principal nome acaba sendo o treinador. E é justamente isso que o ex-jogador Betão quer alcançar, agora no comando do Cruzeiro de Itaporanga, que volta à elite depois de cinco anos. O técnico dirigiu o Sport Campina na 2ª divisão de 2012 sem sucesso. Sem estrutura, o time campinense acabou amargando goleadas e terminando na última colocação.

Agora Betão, que surgiu para o futebol como jogador do Campinense na década de 90, espera fazer história no Cruzeiro, já que conta com um elenco recheado de atletas experientes, com passagens por alguns dos principais clubes do estado.

- É mais um desafio na minha carreira. Estou chegando para comandar um time com melhores condições estruturais, ao contrário do que vivenciei no Sport Campina. Com a nossa indicação, o presidente Nosman Barreiro contratou bons jogadores, experientes, com passagens por Treze, Campinense e CSP, casos de Raiff, Léo Lima, Nego Pai, Alexandre. Então, as nossas expectativas para o campeonato de 2013 são as melhores possíveis - disse o comandante da Raposa do Vale.

Para trabalhar ao seu lado, Betão trouxe o preparador físico Cacau e o preparador de goleiros Mailton Gomes. Seu auxiliar é Doilton Coringa, que já comandou o time cruzeirense em outras temporadas.

Elisberto da Silva Caetano, o Betão passou por várias equipes antes de abraçar a carreira de treinador. Ele jogou no Campinense, Auto Esporte, além de Santo André e Paulista de Jundiaí de São Paulo, Goianiense, Rio Negro de Manaus. Como treinador, dirigiu o Goianiense em 2004 e 2005, Queimadense e Sport Campina.

Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário