Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 21 de março de 2014

Ricardo enfrentará protesto de pacientes com câncer durante plenária do OP

Protesto ocorrerá durante plenária do orçamento participativo em Cajazeiras

Dezenas de pacientes acometidos de câncer prometem realizar na noite desta sexta-feira (21), um protesto para chamar atenção do governador Ricardo Coutinho (PSB). Eles alegam que o tratamento está sendo interrompido pela falta de doação de remédios por parte da secretaria estadual de Saúde. O protesto será durante a plenária do Orçamento Democrático que acontece na noite de hoje em Cajazeiras.
Os manifestantes prometem levar faixas e cartazes para tentar sensibilizar o governador.
Dezenas de pessoas que estão acometidas da doença afirmam que estão há mais de dois meses sem receber o remédio. É o caso da professora, Maria de Fátima Inácio que mora em São José de Piranhas e Jose Alves de Lacerda [aposentado morador da cidade de Nazarezinho]. Assim como eles, muitos sertanejos estão com o tratamento comprometido.
Segundo pacientes, o medicamento [Avastin] custa em torno de R$ 9 mil e só dar para 30 dias. O alto preço do remédio e falta de doação por parte do Governo do Estado deixa os pacientes e familiares em apuros.
AVASTIM
Bevacizumab (nome comercial Avastin, Genentech / Roche) é um anticorpo monoclonal humanizado, que reconhece e bloqueia o fator de crescimento endotelial vascular A (VEGF-A). VEGF-A é um sinal químico que estimula o crescimento de novos vasos sanguíneos (angiogênese).
Da Redação (com Radar Sertanejo)
WSCOM Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário