Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 12 de março de 2014

Concursados protestam em frente ao Palácio da Redenção por nomeações: “Governo sem coração”. Confira!

Centenas de concursados (e não nomeados) para a Polícia Civil promoveram, nesta quarta-feira (dia 12) chuvosa, manifestação, que iniciou no Colégio Lyceu e terminou em frente ao Palácio da Redenção, para cobrar as suas nomeações.

Eles participaram de um concurso em 2008, que oferecia mais de 1.100 vagas e houve 1,5 mil aprovados.

(Manifestantes passaram pelo centro da cidade)

Mas, apenas 250 deles foram nomeados pelo Governo. O concurso terá sua validade expirada em junho deste ano, e os concursados cobram uma posição do governador, uma vez que a Justiça já determinou, inclusive, sua nomeação. 

O Estado tem uma carência de sete mil policiais civis, conforme já admitiu o próprio Ricardo Coutinho.

O movimento dos concursados, nesta quarta, também cobrou “a efetivação das servidoras, mães de família, lotadas nas Secretarias de Desenvolvimento Humano e da Educação do Estado, que passaram em concurso simplificado, que dedicaram 20 anos de sua vida a cuidar de nossas crianças nas creches do Estado, e que foram sumariamente demitidas recentemente…”

Disse um dos oradores, na manifestação em frente ao Palácio da Redenção: “Esse é um governador sem coração, que demite mães de família, e o que é pior, muitas delas prestes a se aposentar, grávidas e de licença médica. Lamentavelmente o Inquilino do Palácio não deu ouvidos ao manifesto. Não há vitória sem luta!” Os manifestantes também cobraram apoio da Assembleia Legislativa.

Há poucos dias, os concursados postaram vídeo na Internet mostrando as promessas não cumpridas do governador Ricardo Coutinho, em relação à Segurança Pública e aos concursados.

Fonte: Hélder Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário