Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 11 de março de 2014

Após 15 anos vagando pelas ruas de Fortaleza no Ceará, família piancoense consegue reencontrar irmão e trazê-lo para casa.


Após ter postado informações, através das redes sociais, dando conta de uma história de vida que foi interrompida na microrregião do Vale do Piancó, aonde o senhor que se dizia ex-vereador de Piancó que tem filhos, um deles promotor de Justiça e o outro delegado de polícia, além de parentes médicos e juízes, foi possível reencontrar o pedreiro que passou mais de 15 anos perambulando pelas ruas da capital cearense.

De acordo com as informações, ao chegar ao conhecimento de familiares que o identificaram, através das imagens publicadas na internet, a verdade ganhou pé e cabeça: o senhor José Ferreira do Nascimento tem entre 54 anos, é natural da cidade de Catingueira, foi casado, é pai de dez filhos e residiu por muito tempo na cidade de Patos, aonde trabalhou como pedreiro.

(Reencontro após 15 anos foi emocionante)

No entanto, ele resolveu buscar alternativas de emprego na grande cidade e desde que saiu de casa há quinze anos, não mantinha contato com a família e praticamente todas as informações que ele transmitiu não foram verdadeiras, mas essenciais para que fosse encontrado.

Mesmo assim, para a surpresa de todos, as informações de advindas de Fortaleza (CE) através da missionária Euzeni Pereira, foi compartilhada através das redes sociais por milhares de internautas, além de divulgadas pelo Portal DiamanteOnline e outros da região em que ele  morou.

Os irmãos de José Ferreira, que moram na cidade de Piancó, entre eles, a Assistente Social Ana Lúcia Ferreira do Nascimento de Caldas, ao tomar conhecimento das informações, logo disse que foram renovadas todas as esperanças do reencontro e logo, juntamente de um irmão, viajou a Fortaleza-CE, aonde iria encontrar José Ferreira.

Em Fortaleza, o encontro aconteceu na noite desta segunda-feira (10), data esta que ficará marcada nos corações da família. Os três irmãos choraram bastante e o caso foi registrado e noticiado em todos os meios de comunicação do Estado.

Ana Lucia agradeceu a colaboração da missionária, da imprensa e de todas as pessoas que compartilharam as informações através das redes sociais. A assistente social disse que agora é hora de voltar pra casa (Piancó) e matar as saudades do irmão entre os familiares.

A história é emocionante, para o Editor do Portal DiamanteOnline ao ver a publicação nas redes sociais, ele não pensou duas vezes e logo publicou, objetivando o reencontro o cidadão que já volta para casa e dará prosseguimento a sua história de vida.
 
Fonte: DiamanteOnline com Joaquim Frankilin  

Nenhum comentário:

Postar um comentário