Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Poucas horas após Dona Carmelita tomar posse como Prefeita, Marcília Mangueira tem liminar concedida e deve voltar a Prefeitura para responder o processo no cargo.

Um dia depois de ter o seu mandato cassado pelo juiz eleitoral da 33ª Zona, Carlos Barreto, a prefeita de Diamante, Marcília Mangueira (PMDB - foto), através dos seus advogados, conseguiu no Tribunal Regional Eleitoral uma liminar que garante sua permanência no cargo até o julgamento do recurso no TRE contra a cassação.

A liminar foi concedida pelo desembargador João Alves da Silva em despacho monocrático na tarde desta quinta-feira, 24, e o julgamento do mérito ainda não tem data.

Confiantes de que a corte eleitoral vai reformar a decisão de primeira instância, os advogados da prefeita estão preparando o recurso que vão protocolar no TRE contra a cassação do mandato, autorgado pela maioria do eleitorado diamantense.

De acordo com informações de assessores da prefeita, Marcília está tranquila e confiante em mais uma decisão favorável no Tribunal Regional Eleitoral.

Com a liminar, a prefeita permanece no cargo e vai continuar tocando sua administração com a mesma força e entusiasmo, segundo a assessoria, garantindo que a gestão municipal não sofrerá qualquer prejuízo, ou seja, “a população pode ficar traquila que os projetos, serviços e obras do município vão continuar normalmente”. 

Fonte: Folha do Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário