Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 15 de julho de 2014

Chapas de Ricardo, Cássio e Vital sofrem pedidos de impugnação no TRE

Até o início da tarde desta segunda (14), oito pedidos de impugnação de candidatura foram protocolados no TRE-PB. Quatro deles foram protocolados para contestar a coligação 'A Força do Trabalho', dois contra a coligação 'Renovação de Verdade' e dois contra o pedido de registro de candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo.
O candidato a governador Vital do Rêgo (PMDB), o candidato a senador José Maranhão (PMDB), o próprio PMDB e a coligação 'Renovação de Verdade', pediram a impugnação da coligação 'A Força do Trabalho', que tem como candidato à reeleição, o governador Ricardo Coutinho (PSB) e como candidato a senador Lucélio Cartaxo (PT). Eles alegam que a direção nacional do PT determinou que a coligação da legenda será com o PMDB e não com o PSB. O PT e o PSB também ingressaram com pedidos de impugnação contra a coligação 'Renovação de Verdade', encabeçada pelo candidato Vital do Rêgo (PMDB). 
Já os candidatos a deputado estadual Maria da Luz (PRP) e Rafael de Lima e a coligação 'A Força do Trabalho' protocolaram no TRE-PB pedidos para impugnar o registro de candidatura de Cássio Cunha Lima. Além dos oito pedidos de impugnação, o TRE recebeu também três notícias de pedido de inelegibilidade, duas contra Cássio, impetradas por Sérgio Augusto Gomes da Silva e Demócrito Medeiros, e uma contra o deputado estadual José Paulo Viturino, interposta por Maurício José da Silva. 
A partir desta terça-feira (15), a Justiça Eleitoral dará início à comunicação dos candidatos impugnados que terão sete dias após a notificação para apresentarem defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário