Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

domingo, 26 de agosto de 2012

Piancó dá adeus a Antonio, comovendo toda a cidade de Piancó

O jovem Antonio Garrido Leite, de 24 anos, filho do professor Josumar Crizanto Leite e da Enfermeira Francisca Garrido [Tiquinha] e irmão da assistente social Juliana Garrido, foi sepultado agora a pouco no Cemitério São Miguel na cidade de Piancó. Era por volta das 10:00h quando seu corpo deixou sua residência na Rua Elzir Matos, no centro da cidade, sob forte comoção. Quase toda cidade estava presente e o comércio em geral fechou suas portas, as coligações partidárias pararam suas campanhas, todos para acompanhar o sepultamento deste jovem piancoense.

"Tôi era um amigo que a gente tinha e sempre estava de bem com a vida", disse um jovem presente ao cortejo fúnebre.

"Meu filho vai embora e eu não tive tempo de despedir dele", dizia, em lágrimas, o professor Josumar, pai de Antonio.

"Não quero deixar meu irmão aqui sozinho", reclamava em prantos, a sua irmã Juliana.

Tiquinha, mãe de Tôi, não conseguiu acompanhar o cortejo até o cemitério... A mesma não conseguiu suportar a emoção da perda inesperada do filho querido e teve que ficar sob os cuidados dos socorristas do SAMU.

A Polícia Militar, o SAMU, Escolas, Autoridades, a Banda de Música, e toda a população, acompanharam o corpo inerte de Antonio até a sua última morada.

Antonio foi enterrada na sepultura da Família, onde seu avô, Tô Crizanto está sepultado.
 
Também alguns amigos de Igaracy prestaram suas homenagens ao jovem. 

Confira algumas fotos:
O corpo de Antonio deixa sua residência sob forte comoção


Amigos ajudam a levar o caixão
A cidade toda acompanhou o cortejo fúnebre
Toda sociedade estava presente
O corpo chega ao Cemitério
A irmã Juliana e o pai Josumar
O último adeus

Nenhum comentário:

Postar um comentário